segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Alembradura... alembrou-me agora...

Um jovem muito arrogante, que estava a assistir a um jogo de futebol, tomou para si a responsabilidade de explicar a um senhor já maduro, próximo dele, porque era impossível a alguém da velha geração, entender esta geração.

-Vocês cresceram num mundo diferente, um mundo quase primitivo. - disse o estudante alto e claro de modo que todos em volta pudessem ouvi-lo.

- Nós, os jovens de hoje, crescemos com Internet , telemóvel , televisão, aviões a jacto, viagens espaciais, homens caminhando na Lua, as nossas naves visitam Marte.. Nós temos energia nuclear, carros eléctricos e a hidrogénio, computadores com grande capacidade de processamento e... (numa pausa para tomar outro gole de cerveja.)

O senhor aproveitou o intervalo do gole para interromper a liturgia do estudante na sua ladainha e disse:

- Você está certo, filho. Nós não tivemos essas coisas quando nós éramos jovens... por isso nós inventamo-las. E você, sua merda arrogante dos dias de hoje, o que é que está a fazer para a próxima geração?



Foi aplaudido ruidosamente, de pé!

2 comentários:

Otário disse...

hum...
...concordo, não universalmente,
mas particularmente: nem todos os jovens fazem para não fazer nenhum. Mas parte deles mostra uma arrogância desprezável por já terem crescido com muito, e de pouco fazem.

Tita disse...

LOL! Sua "merda arrogante"? Oh A., sim senhor, excedeste as minhas expectativas!!!


Otário, bem vindo ao conta coisas amigo!